Leia + Artigos

Indicadores de Desempenho: 10 KPIs indispensáveis para supermercados e distribuidores

August 29, 2018

Os chamados KPIs, ou seja, indicadores chave de desempenho, têm ganhado muita atenção na gestão de negócios nos últimos anos. Não podia ser diferente em supermercados e distribuidores, que, cada dia mais, assumem uma administração orientada a dados.

 

Em outras palavras, na mesma medida em que supermercados e distribuidores se informatizam também é necessário definir e acompanhar KPIs corretos. Isso porque o planejamento e o controle dos resultados se torna bem mais fácil e eficiente. Continue lendo este artigo, pois aqui vamos apontar quais são os 10 KPIs mais importantes para supermercados e distribuidores!

 

 

 

O que são KPIs, afinal?

 

Para início de conversa, é importante saber que KPIs (do inglês Key Performance Indicator) nada mais são do que métricas usadas para medir o desempenho dos negócios em diversos âmbitos.

As lojas de varejo e as empresas de distribuição usam vários KPIs para medir suas atividades. Não existe um conjunto particular de KPIs que empresa deve usar.

Elas precisam escolher os KPIs corretos com

 

base no resultado que desejam alcançar ou seus objetivos estratégicos. Por exemplo, uma loja de varejo pode querer gerenciar seu inventário melhor, então usaria KPIs como os índices de vendas ou integridade ao fazer a contagem de mercadorias disponíveis nos estoques e no ponto de venda. Por outro lado, outra loja pode querer aprimorar a experiência do cliente, então escolhia KPIs que a ajudassem a medir a satisfação e a retenção de clientes.

 

Quais são os KPIs indispensáveis para supermercados e distribuidores?

 

Dito isso, vamos agora a uma lista com os dez KPIs considerados fundamentais para supermercados e distribuidores:

 

1. Vendas

O indicador de desempenho mais importante para um supermercado é as vendas geradas ao longo de um período de tempo. As vendas podem ser comparadas entre locais, lojas, categorias de produtos etc.

Assim, fica mais fácil identificar tendências de desempenho e formular estratégias e ofertas de marketing.

 

2. Margem bruta

A margem bruta refere-se aos lucros brutos expressos em porcentagem das vendas. Este é um indicador importante do desempenho financeiro de supermercados e distribuidores.

A margem bruta também é importante para determinar a porcentagem de marcação dos produtos.

 

3. Venda por metro quadrado

Este KPI mede a quantidade de venda média que você gera de cada metro quadrado de área na loja. As vendas por metro quadrado podem fornecer informações importantes sobre a eficácia do layout da loja e o desempenho do pessoal de vendas.

Ao comparar o KPI em diferentes lojas, as grandes cadeias de varejo identificam quais layouts de lojas são mais eficazes e planejam redesenhar outros layouts de lojas para melhorar as vendas.

 

4. Vendas perdidas

Depois de a distribuidora enviar a um cliente potencial uma cotação, é importante acompanhar o porquê ele decidiu não comprar.

Vários fatores precisam ser considerados, incluindo preço, disponibilidade e capacidade de resposta. A visibilidade desses dados (de preferência em tempo real por meio de sistemas inteligentes) permite efetuar correções de curso, conforme necessário, para evitar futuras perdas.

 

5. Despesa média do cliente

Este KPI envolve o cálculo da quantidade média que os clientes estão gastando durante cada compra.

O valor médio da compra (ticket médio) pode variar dependendo do tipo de loja ou do perfil da distribuidora. Uma análise do gasto médio dos clientes pode ajudar na segmentação dos clientes e facilitar o planejamento das vendas e esforços de marketing.

 

6. Taxa de rotatividade de produto

O volume de negócios de estoque refere-se ao número de vezes que o estoque médio de um produto é vendido em um ano. É um indicador de quão rápido supermercados e distribuidores podem vender o que estocam.

Se o índice de rotatividade de inventário cair de 10 para 6, isso indica que o inventário não está virando tão rápido quanto no passado. Isso também indica estoque excedente.

 

7. Gestão de estoque

Por falar em estoque, é sempre bom lembrar que ele geralmente está entre as maiores despesas dos supermercados e distribuidores. Mantendo-lo “magro”, garantindo também que a empresa sempre tenha o produto certo no momento certo e no lugar certo pode ser difícil, na melhor das hipóteses, é fundamental.

Aqui estão diversos KPIs para medir a eficiência de estoques em supermercados e distribuidores:

  • Custos de exploração de estoque;

  • Taxas de rotatividade de inventário;

  • Inventário médio;

  • Dias médios para vender o inventário;

  • Custos de transporte de inventário obsoletos;

  • Taxas de preenchimento de pedidos;

  • Número de pedidos atrasados.

8. Gestão de finanças

No ambiente comercial competitivo de hoje, manter a saúde financeira de um negócio tornou-se mais importante do que nunca. Problemas como excesso de contas a receber “flutuante” podem afetar a capacidade de um distribuidor de operar eficiente e eficazmente.

Para evitar esses problemas, é interessante prestar atenção aos seguintes KPIs:

  • Tempo de coleta de contas a receber;

  • Desempenho de vendas e receita;

  • Desempenho da margem bruta;

  • Dias de vendas pendentes;

  • Disponibilidade de capital de trabalho;

  • Volume de negócios com contas a pagar;

  • Vencimento de contas a pagar (com que rapidez a empresa paga fornecedores e outras despesas);

  • Rotação de inventário.

9. Devoluções devido a embarques impróprios e itens defeituosos

Mesmo se o supermercado ou a distribuidora tiver um bom sistema de gerenciamento de armazém (WMS) que rastreie devoluções, é importante um olhar especial sobre este KPI. Afinal, errar nas entregas pode minar a satisfação dos clientes.

 

10. Custos de manutenção

Os custos suportados podem influenciar positivamente e negativamente o preço de um produto. Se a entrega não for otimizada e ineficiente, os custos de transporte serão altos, o que afetará o volume de pedidos.

O mesmo pode acontecer com a loja. Uma loja com boa manutenção é importante para que as vendas se mantenham em crescimento. Daí a importância em controlar e baixar os custos, sempre evitando perder a qualidade percebida pelo cliente de vista. O que você achou desta lista de KPIs indispensáveis para supermercados e distribuidores? Deixe seu comentário!

 

Quer se tornar um especialista em Custos Logísticos e Indicadores de Desempenho?

Faça o nosso curso especial do Logísticos Oficial. Clique AQUI

 

 

 

 

 

Please reload

0
MEC Governo Federal
LogísticosCast

LOGÍSTICOS OFICIAL. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

LOGÍSTICOS OFICIAL & GCDV GRUPO CADEIA DE VALOR | FASETE COMUNICAÇÃO PLANEJAMENTO & LOGÍSTICA LTDA.

CNPJ: 07.204.487.0001/73  | IE: Isenta - Contato e Atendimento a Clientes: (11) 9.99218-7201 - WhatsApp mensagem 24 horas.

*Atendimento de segunda a domingo ver horários: Segunda Feira de 09:00 até 18:00  | Domingo e feriados: de 10:00 até 14:00.

Endereço Correspondências: Rua Vito Chiarella 96 |  São Paulo SP | CEP: 05848180 

 Todos os cursos  estão precificados em moeda nacional Real(R$).  Política de Troca e Devolução: O cliente poderá trocar e/ou devolver o curso no prazo de até 7 dias úteis diante de justificativa formal e aceitável. Política de Prazo de Entrega: Entrega imediata do produto/curso a partir da confirmação do pagamento conforme carrinho de compra. Preços e condições de pagamento exclusivos para compras via internet, caso os produtos apresentem divergências de valores, o preço válido é o da sacola de compras. Vendas sujeitas a análise e confirmação de dados.